Monumentos do Algarve

Monumentos Megalíticos de Alcalar

Monumento Nacional

  • Apresentação
  • Como Chegar
  • Horários
  • Preçário
  • Jogo didático

Apresentação

Neolítico final / Calcolítico (3200-1200 a.C.)

Os túmulos megalíticos de Alcalar são antigos templos funerários que foram edificados e usados por várias gerações, ao longo de vários séculos, no 3.º milénio anterior ao início da era cristã. O conjunto, com os túmulos organizados em diversos agrupamentos, constitui uma necrópole situada na proximidade imediata de um antigo aglomerado habitacional, cujas ruínas se estendem por uma superfície de cerca de 20 hectares. Descobertos e explorados desde os finais do século XIX, os monumentos estão classificados como Monumento Nacional. Uma parte dos túmulos encontra-se aberta ao público visitante e dispõe de um Centro Interpretativo. Desde 24 de março de 2012, a gestão deste equipamento cultural é assegurada conjuntamente pela Direção Regional de Cultura do Algarve e pelo Museu de Portimão, entidades que ali desenvolvem atividades de extensão e promoção cultural e turística e projetos de investigação.

Os monumentos do agrupamento tumular oriental da necrópole megalítica estão musealizados e podem visitar-se. Os monumentos do agrupamento tumular central situam-se em terrenos públicos e são também acessíveis aos visitantes. O povoado calcolítico e os restantes monumentos situam-se em propriedades particulares, com acesso condicionado à prévia autorização dos respetivos proprietários. O Centro de Interpretação, instalado no ano 2000 para apoio aos visitantes, veio criar infraestruturas imprescindíveis à explicação e interpretação dos sítios visitáveis.

Como Chegar

Acesso:

Desde a A22 / Via do Infante, com saída no nó de Alvor, e de aí seguindo pela EN 125 para poente, em direcção a Figueira e Lagos, toma-se a estrada que, a partir da Penina, conduz para norte em direcção a Casais e Senhora do Verde; percorridos 4 km, o visitante chega a Alcalar, um lugarejo de vivendas dispersas onde o Centro de Interpretação dos Monumentos Megalíticos está sinalizado

Transporte público:

Autocarro, carreira Portimão-Casais-Portimão (Frota Azul). Não se efectua ao Domingo. Duração da viagem: 15 m.

De Portimão — 6:50 h / 11:50 h / *19:15 h.
De Alcalar — 7:20 h / 12:20 h / *19:45 h.
* (não se efectua ao Sábado)

Mais informações em: Frota Azul Algarve

Horários

Horário de abertura:

  • Setembro a Julho
    Terça a sábado das 10:00 h às 13:00 h e das 14:00 h às 16:30 h
    (última entrada às 16:15 h)
  • Agosto
    Terça a sábado das 10:00 h às 13:00 h e das 14:00 h às 18:00 h
    (última entrada às 17:45 h)

Encerrado: Domingos e segunda- feira

Informações e inscrições

Museu de Portimão
Tel.: (+351) 282 405 230
Email: museu(a)cm-portimao(ponto)pt

Centro de Interpretação Alcalar
Tel.: (+351) 282 471 410
Email: alcalar(a)cm-portimao(ponto)pt

Para mais informações consulte a página web do Museu de Portimão

Preçário

  • Bilhete individual — € 2,00
  • Bilhete conjunto (Museu + Alcalar) — € 4,00
  • Bilhete de Grupo (25 ou mais bilhetes): 1,80€
  • Maiores de 65 anos — € 1,00 *
  • Cartão de Estudante — € 1,00 *
  • Cartão Jovem — € 1,00 *
  • Portadores de deficiência: 1,00€ *
  • Bilhete Família (a partir de 4 pessoas ascendentes ou descendentes em linha reta ou equivalente) — € 1,00 *
  • Bilhete Família Numerosa (2 adultos + filhos) — € 1,00 *
  • Bilhete de Protocolos com Entidades terceiras — € 1,60 *

Entradas Gratuitas:

  • 1º domingo de cada mês, para visitas individuais ou grupos até 12 pessoas;
  • Crianças até aos 12 anos; *
  • Residentes no Concelho; *
  • Membros da APOM/ICOM e ICOMOS; *
  • Investigadores, conservadores, restauradores, profissionais de museologia e/ou património em exercício de funções; *
  • Professores e alunos de qualquer grau de ensino no âmbito de visitas de estudo previamente marcadas; *
  • Grupos de IPSS ou de Ação Social de Autarquias e Instituições de Interesse Público, previamente autorizadas pela DRCAlgarve; *
  • Jornalistas em desempenho de funções, previamente comunicado; *
  • Mecenas institucionais dos respectivos monumentos; *
  • Membros da Associação dos Amigos dos Monumentos e da Associação dos Amigos dos Castelos; *
  • Cidadãos desempregados, residentes em países membros da União Europeia. *

* As isenções e descontos são aplicáveis mediante comprovação documental

Jogo didático